Empreendedorismo, Últimas

Dez questões a considerar antes de escolher uma franquia

Aprendizado

Pontos negativos e positivos fazem parte de uma estratégia. Veja o que considerar

Uma prima minha está doida para abrir uma franquia. Ela diz que tem muita vontade de empreender, mas não consegue ter nenhuma ideia boa o suficiente para encarar o desafio sozinha. Ela levantou uma série de informações sobre isso e na hora pedi para que ela me passasse, assim compartilharia com vocês aqui no Guia Empreendedor.

O que é uma franquiaEspero que o conteúdo ajude vocês a tomar uma decisão. Vou estruturar em tópicos para deixar mais fácil.

Segundo o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), uma franquia é um sistema em que o franqueado tem o direito de usar uma marca ou patente, distribuir e usar tecnologia e administração de um negócio que já está no mercado, sem caracterizar vínculo empregatício.

Valor de investimento

Verifique quais marcas se encaixam às suas expectativas, considerando o valor do investimento exigido, retorno e filosofia da empresa.

Circular de Oferta de Franquia

Essa aqui é uma dica da própria Associação Brasileira de Franchising (ABF). A entrega desse documento é obrigatória e é o primeiro que deve ser analisado com cuidado. Caso seja necessário, peça ajuda para avaliá-lo.

Gerenciamento

Comprar uma franquia de uma marca conhecida não tira do franqueado a responsabilidade de gerenciar bem o negócio, tornando-o o mais rentável possível. Frequentemente, isso significa ter que se relacionar com pessoas.

Risco

Comprar uma franquia significa empreender e assumir riscos. O sistema minimiza potenciais problemas,  mas não acaba com eles.

Excelência de atendimento

Pesquisar se o franqueador possui uma rede com excelência de atendimento, se oferece consultoria, apoio aos franqueados, se estabelece constante comunicação e se concede vantagens é essencial.

Dica de amigo

Converse com quem já foi franqueado e peça casos de sucesso e de fracasso. Entenda os pontos positivos e negativos da marca.

Cuidado com autonomia

É preciso ter muita atenção com o trato de seus funcionários aos clientes. Um mau atendimento pode contribuir de forma negativa para a franquia como um todo.

Fuja de burocracias

Existem redes que não oferecem canais de diálogo entre os gerentes das unidades franqueadas e que são muito burocráticas. Cuidado com elas.

O trabalho não está pronto

Muitos franqueados acreditam que, por estarem com uma marca boa em mãos, não é preciso fazer nada para divulgar sua unidade. Essa é uma visão errada e prejudica demais os negócios, sujeitos a concorrências locais.

Esse conteúdo é apenas para começarmos a conversar sobre franquias. Tem muitas coisas coisas que eu planejo contribuir com vocês nos próximos meses. Se você tiver dúvidas, é só comentar este post ou enviar um e-mail para clicoresponde@www.guiaempreendedor.com! Toda sexta-feira, o #ClicoResponde a uma questão.

 

Tem uma pergunta? o #ClicoResponde

 

You Might Also Like