Finanças e Tributos

Você sabe calcular o ROI do seu Pet Shop?

Você sabe calcular o ROI do seu Pet Shop?

Seu Pet Shop está prontinho para fazer uma grande compra — toneladas de sacos de ração, um novo sistema de computadores, uma coleção completa de roupinhas caninas e várias caminhas de gatos. Mas calma, antes que você assine o cheque, eu tenho uma dica para você: é preciso, primeiramente, calcular o ROI (retorno sobre investimento), comparando o lucro esperado com os custos.

Você nunca ouviu falar no termo, não sabe o que é o ROI e muito menos como fazer essa conta? Então continue lendo esse post que vou te contar tudo o que você precisa saber!

O que é o ROI?

O ROI, cuja sigla vem do inglês return over investment (ou retorno sobre investimento, em português), nada mais é que uma maneira de calcular e analisar os lucros obtidos em um negócio oriundos do dinheiro que foi investido. Vale ressaltar que essa métrica é diferente do conceito de payback, sobre o qual já falei aqui no blog.

Ele apresenta de forma clara e simples a realidade dos resultados alcançados nas mais diferentes diretrizes do empreendimento — como a captação de clientes, o crescimento da popularidade da empresa, sua estabilidade no mercado, a divulgação de produtos, entre outros —, contribuindo para o bom funcionamento e planejamento do negócio, além da análise dos pontos fracos e fortes.

Qual é a importância do ROI para pequenas empresas?     

Às vezes, você abre um novo negócio, experimenta uma nova tática de vendas no seu Pet Shop e investe bastante tempo e dinheiro nela, esperando que ela renda bons frutos para o seu estabelecimento. Porém, caso você não siga um sistema que avalie o quão rentável está sendo o negócio, é fácil se perder na administração e acabar levando prejuízo.

O ROI é justamente um desses sistemas: ele permite aos gestores avaliarem quanto o capital investido nas atividades rendeu em forma de retorno financeiro. É um valor que indica o percentual do retorno em relação ao investimento total.

Existem duas maneiras de avaliar a viabilidade dos investimentos: antes da aplicação financeira (fazendo uma projeção) ou após ela ser efetuada (analisando o retorno do investimento que foi realizado).

Como fazer o cálculo e com qual frequência?

Uma maneira simples de calcular o ROI é usando a seguinte fórmula:

ROI = Lucro operacional / Patrimônio Líquido + Passivo Oneroso

É comum realizar o cálculo do ROI trimestralmente.  Ao final de um ano, é indicado calcular o ROI referente a todos os meses. É importante lembrar que, ao usar o Lucro Operacional de um trimestre, o retorno obtido será o retorno do trimestre.

Como analisar os resultados?

O ROI negativo significa que o investimento feito não proporcionou bons resultados, tendo obtido lucro inferior ao capital investido. Um bom gestor nem sempre vê um valor negativo como uma derrota, mas sim como uma oportunidade. É possível contornar a situação se concentrando em aplicações em outras áreas, como novos equipamentos para aumentar a eficiência ou corte de despesas em geral.

A gestão de uma empresa nem sempre é tarefa fácil, mas pequenas ações podem fazer com que a produtividade e os rendimentos aumentem. Ao calcular o ROI, você identifica problemas e encontra as melhores soluções. Porém, eu devo te alertar, o ROI sozinho não é capaz de medir o sucesso de sua empresa! Ele é um complemento a outros indicadores de confiabilidade financeira.

Espero que esse post tenha esclarecido algumas de suas dúvidas a respeito do ROI! Aproveite para ler também o meu post sobre o que é, para que serve e qual é o valor do CRM!

You Might Also Like