Empreendedorismo

Técnica Pomodoro: o que é e como utilizá-la?

Tecnica_Pomodoro_o_que_e_e_como_utiliza-la

Hoje vou falar aqui no blog sobre um método pra aumentar a sua produtividade, um assunto que interessa a todos nós, certo? Eu ouço muitas pessoas dizerem que nunca têm tempo suficiente para fazer as tarefas, mas será que não é uma questão de organização? Depois que você conhecer a famosa Técnica Pomodoro, sua rotina diária de trabalho poderá render muito mais!

Dividir para conquistar

A Técnica Pomodoro foi desenvolvida na segunda metade dos anos oitenta pelo italiano Francesco Cirillo, com o intuito de oferecer um mecanismo simples para administrar melhor o tempo, evitando distrações e outros obstáculos que atrapalham a execução de uma determinada demanda.

O que eu mais gosto nessa proposta é a simplicidade, já que tudo que você vai precisar é de um cronômetro! Basicamente, Cirillo imaginou um esquema em que os turnos de trabalho ou estudo são divididos em períodos de 25 minutos. Depois de cada ciclo, são acrescentados 5 minutos de descanso. Quando você completar quatro ciclos, deverá descansar um pouco mais, durante 15 minutos.

E por que “Pomodoro”? Bom, na época, Cirilo utilizou um temporizador em forma de tomate para marcar o tempo — um “pomodoro”, em italiano. Já entendeu, não é? Agora vou explicar como proceder para colocar o método em prática.

Aplicando a Técnica Pomodoro

Você tem bastante trabalho a fazer e nem sabe por onde começar? Como ponto de partida, faça uma lista de tarefas organizando tudo por ordem de importância, de modo que você possa completar, primeiramente, aquelas que forem prioritárias.

Depois dessa fase de planejamento, é hora de botar a mão na massa. A técnica exige que você trabalhe de forma ininterrupta durante cada “Pomodoro”, que equivale a um ciclo de 25 minutos. Por isso, procure se concentrar, ok? Se tiver uma ideia ou lembrar-se de outra pendência, não se preocupe: apenas anote o tema e siga trabalhando.

A importância dos intervalos

Respeite as pausas, tanto as que forem curtas quanto as mais longas, pois elas são parte fundamental da metodologia: é que o descanso intercalado com o ritmo de trabalho contribui para aumentar a capacidade de foco e a agilidade mental. Em contrapartida, a técnica ajuda a diminuir a ansiedade que você sente quando precisa lidar com muitas responsabilidades ao mesmo tempo.

Então, já sabe: trabalhou por 25 minutos? Pare um pouquinho, levante-se, busque ar fresco, beba um café… E depois volte para mais um ciclo (outro “Pomodoro”) de 25 minutos. E assim por diante, até completar quatro ciclos. Aí é hora do intervalo mais generoso, de 15 minutos. Você pode repetir a técnica quantas vezes quiser, desde que respeite as regras e siga seu próprio ritmo!

A maior vantagem da Técnica Pomodoro é proporcionar o efeito psicológico e prático de “pequenas missões” que podem ser realizadas sem que o estresse e a ansiedade te paralisem. Dividir o trabalho em etapas menores, mas interligadas, ajuda a conferir um senso de realização a cada ciclo completado com sucesso. Eu já experimentei e digo que vale a pena!

E então, está pronto apara aplicar a Técnica Pomodoro? Deixe um comentário neste post e diga o que achou do método!

You Might Also Like