Empreendedorismo

Planejamento estratégico: 4 formas de empreender em 2017

Toda empresa se esforça para fazer algo único, como resolver um problema ou atender uma nova demanda que está à frente do seu tempo, no entanto, os casos de sucesso são para poucos que conseguem aliar a criatividade ao planejamento estratégico.

Nesse sentido, espera-se que o ano de 2017 promova um clima favorável para novas oportunidades em muitos setores ao redor do mundo, o que não será diferente no Brasil. Com o grande aumento da população, há uma demanda cada vez maior por tecnologia, alimentação saudável, moda e várias outras tendências para explorar.

É justamente por essa razão que eu trouxe para vocês 5 dicas para empreender de forma inovadora e faturar bastante no próximo ano. Ah, e não importa se você já tem uma empresa e ou se a intenção é começar com um novo projeto. Venha se inspirar e aprender um pouco mais!

1. Negócios digitais

Esse é o mercado do momento, e basicamente qualquer tipo de profissional pode encontrar uma oportunidade para estabelecer um negócio digital com base no que faz de melhor. Lembrando que nem sempre é preciso investir uma fortuna para começar, já que o que mais importa aqui é a visão empreendedora.

Confira as duas principais tendências para o próximo ano:

E-commerce

Segundo uma pesquisa elaborada pelo portal Ebit, que estuda os índices das vendas online no Brasil, só o primeiro semestre de 2016 movimentou cerca de R$ 20 bilhões, um aumento de 5,2% em relação ao ano anterior. E os números são ainda maiores para 2017.

O e-commerce é também uma ideia interessante para quem quer expandir as vendas e oferecer os produtos e serviços da loja física nessa plataforma digital. A legislação é simplificada e não há barreiras para alcançar novos públicos nesse mercado promissor.

Consultoria online

Um dos principais benefícios que a tecnologia trouxe para profissionais especializados. A consultoria virtual pode funcionar como modelo home office ou com pequenas equipes, onde o importante é garantir a qualidade e transparência dos serviços. É uma ótima oportunidade para quem tem qualificação, mas não quer investir muito dinheiro.

2. Franquias

Vocês já leram meu artigo sobre as fases para aprender a lidar se escolher abrir uma franquia? Se a sua ideia é seguir esse caminho, não deixe de conferir, eu tenho muitas dicas interessantes para compartilhar lá!

Mas não pare por aqui, você sabe o que o ano de 2017 vai trazer para agregar valor no segmento de franchising? Veja o que encontrei em minhas pesquisas:

Quiosques

Com possibilidade de trabalhar em grandes marcas, mas em um modelo de negócios mais enxuto e barato, os quiosques são uma ótima oportunidade para quem quer se tornar um franqueado de sucesso. São diversas opções: beleza, artigos esportivos, alimentação ou bebidas.

Tudo depende onde você prefere atuar, mas em geral, essa estrutura costuma ser um ótimo investimento para empreendedores que querem diversificar a atividade. Além de tudo, são bem lucrativos e é possível contar com o suporte da franqueadora.

Serviços

Não se engane: abrir uma franquia não é algo exclusivo para quem quer vender produtos. Se você é especialista em alguma área, mas não tem prática em elaborar um plano de negócios, essa pode ser a oportunidade que faltava. Medicina, TI e gestão financeira contam com boas projeções para 2017.

3. Alimentação

Esse setor apresenta resultados excelentes para quem pretende abrir um novo negócio. Veja o que os especialistas recomendam para o empreendedorismo no setor:

Comida saudável

Não só no Brasil, mas em todo mundo, a alimentação saudável é responsável por movimentar bilhões, além de ser um mercado cheio de possibilidades. Onde temos cada vez menos tempo, achar uma solução para atender um público específico é o que pode trazer mais rentabilidade.

Um grande exemplo foi o da empresa Uuulalá, projeto de um grupo de empreendedoras em São Paulo para entregar sucos saudáveis de forma sustentável. A ideia foi criativa e ainda pouco explorada na cidade, onde um planejamento estratégico se fez presente para alcançar a estimativa de lucros na casa dos R$4 milhões no ano passado. Não é um bom negócio?

Food Trucks

Estrutura simples e inovadora, capaz de entregar produtos frescos e com qualidade artesanal. A versatilidade é um ponto forte, impulsionando esse novo modelo como uma grande tendência para quem deseja investir em alimentação nos próximos anos.

São diversos layouts de apresentação, onde o que importa é a criatividade e comida boa, já que recebem uma excelente aprovação do público. A crescente demanda já fez com que várias cidades criassem encontros gastronômicos de restaurantes móveis.

4. Investir em aplicativos e softwares

Mesmo com as dicas anteriores, se você já possui uma empresa e quer melhorar o desempenho da atividade, a dica que deixo é aplicar os recursos em capacitação e tecnologia para padronizar a produção e automatizar os processos de gestão.

Confira onde investir para trazer benefícios em seu planejamento estratégico durante o ano de 2017:

  • Aplicativos de gestão: praticidade e melhora no desempenho do negócio.
  • Cursos de administração: personalizar sua empresa e acompanhar o mercado.
  • Antivírus: proteção extra para dados e e-mail.
  • Computação na nuvem: redução de custos e mobilidade para seu gerenciamento.

É importante conhecer bem o que você pretende investir, portanto, buscar aplicativos que podem ser testados antes da compra, já que isso é um grande diferencial. Para entender melhor esse tema, recomendo que você leia meu artigo sobre o que é um sistema de gestão para entender melhor como ele vai facilitar o trabalho na sua empresa.

5. Atenção às tendências e novos negócios

A melhor forma de escolher o investimento certo é acompanhar como o mercado movimenta e buscar soluções inteligentes para os setores que ainda carecem de um serviço de qualidade. Lembre-se: o conhecimento e a vontade de crescer são seus principais aliados em uma jornada empreendedora, sendo assim, fique por dentro das novidades e técnicas para seguir na direção correta.

Bom, se você chegou até o fim desse post, isso significa que você tem determinação e gosta de pesquisar bastante antes de colocar em prática seu planejamento estratégico para 2017. Não perca nunca o foco e lembre-se de que pode sempre voltar aqui para aprender um pouco mais.

E então, gostou dessas dicas? Não esqueça de compartilhar nas redes sociais, quem sabe alguém da sua rede quer embarcar no empreendedorismo e virar seu sócio? Espero você aqui nos próximos artigos!

Read More...

Finanças e Tributos

Como funciona o Super Simples?

Você sabia que os novos empresários brasileiros têm mais uma alternativa para enquadrarem os seus negócios? Essa novidade é o Super Simples! Ele é uma evolução do Simples Nacional, aquele que desburocratizou os pagamentos e o gerenciamento das empresas. Eu estou aqui exatamente para te ajudar a entender como funciona o Super Simples, pois esta é uma pergunta que eu recebo constantemente de empresários e pessoas que querem empreender. Vamos começar a ver como ele funciona?

Enquadramento de empresas pela nova lei

Alguns benefícios esperados por muito tempo entram em vigor, como o que estabelece que o porte e o faturamento das empresas é o fator primordial para adesão e não mais o tipo da atividade exercida. Dessa forma, profissionais liberais como advogados, corretores, médicos e outros prestadores de serviços terão menos burocracia e uma carga menor de tributos, dependendo do nível de faturamento alcançado. A substituição tributária também foi regulamentada tanto para as microempresas quanto para as empresas de pequeno porte.

Menos burocracia para a abertura de novos negócios

O tempo médio de abertura de uma empresa no Brasil baixou com essa nova lei. Nas minhas pesquisas, eu verifiquei que o tempo médio de abertura de uma empresa por aqui é de 107 dias! Isso é muito, não acha? Mas como Super Simples, sabe para quanto esse prazo médio cai? Ele vai para 5 dias apenas. Fantástico, não é mesmo? Isso significa menos tempo esperando para começar a trabalhar.

É claro que você não abre um negócio para ser fechado no futuro, mas o tempo de fechamento também diminuirá, acarretando uma quantidade menor de CNPJs inativos pela burocracia. Com isso, até golpes dados com o uso destas empresas inativas vão diminuir e todo mundo ganha!

Opção pelo Super Simples

Desde o início de 2015, é possível escolher o Super Simples como regime de tributação. Até o final de janeiro, os negócios antigos deveriam escolher, mas para os novos negócios, esta opção pode ser feita no momento da abertura. Se você já tinha uma empresa e não escolheu em janeiro de 2015, não se desespere! Essa opção poderá ser feita para 2016 em janeiro do ano que vem.

Essa opção deve ser feita pela internet, no ambiente virtual criado pela Receita Federal. Uma das principais vantagens é a diminuição da burocracia, pois os impostos passam a ser recolhidos com a emissão de um único boleto. Para o setor de serviços, a redução da carga tributária vai depender da quantidade de funcionários.

Eu te aconselho a procurar o seu contador e perguntar para ele se, para o seu caso, é mais vantajoso seguir o caminho do Super Simples, pois ele é o profissional mais apto para te responder essa questão com propriedade.

Quem não pode escolher o Super Simples?

A regra geral é que as empresas com faturamento menor que R$3,6 milhões poderão escolher o Super Simples, mas há exceções. Isso vai depender do Estado que a sua empresa será criada por causa do ICMS, que é um imposto estadual.

Se a sua empresa está no Acre, no Amapá, em Rondônia ou em Roraima, esse limite é de R$1,8 milhões, a metade do original. Se ela está no Estado de Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, no Pará, no Piauí ou no Tocantins, o limite de faturamento é de R$2,52 milhões.

Em qualquer Estado diferente desses, o limite é de R$3,6 milhões mesmo. Isso já facilita bastante a sua vida, não é? Eu acabei de te mostrar como funciona o Super Simples, mas se você ainda tiver ficado com alguma dúvida, não deixe de me procurar, pois eu estou aqui para responder a todos os seus questionamentos, certo? Até o nosso próximo papo!

Read More...