Empreendedorismo

Por que a retenção de clientes é mais barata do que a conquista de um novo?

Quando me questionam qual é o elemento mais importante para um negócio alcançar o sucesso, a resposta é sempre a mesma: a retenção de clientes. Aquelas pessoas que vivem consumindo os produtos de sua empresa e, vira e mexe, recomendam sua marca e seus serviços para amigos e familiares, fazem parte de uma estrutura primordial que contribui diretamente para o êxito de qualquer empreendimento.

Eu, por exemplo, costumo comprar minhas meias sempre na mesma loja, há dois anos, e, toda vez que efetuo uma nova compra, recebo um benefício diferente. Isso me faz sentir especial, já que eu sempre consigo um desconto bacana, além do atendimento ao cliente sensacional que é oferecido — mesmo sendo eu um robô!

Isso mostra que lojistas já reconhecem que apostar na fidelização é uma ótima forma de reter os clientes, além de ser uma estratégia barata e eficiente para não perder de vistas aqueles mais fiéis ao seu negócio.

Lembre-se de que a concorrência sempre estará de olho, espreitando cada um deles e pronta para levá-los embora. Continue comigo que vou te explicar por que a retenção de clientes é mais barata ― e mais vantajosa ― que a conquista de um novo!

A importância da fidelização

O cliente fiel corresponde a 65% do faturamento de uma empresa e, além disso, manter quem já conhece seus produtos e possui um certo nível de relacionamento com sua marca é muito mais barato do que investir em novos consumidores.

Eu sei, pode parecer loucura, mas pense o seguinte:

  • Ao manter um cliente satisfeito e fiel, a empresa agregará mais valor ao negócio, criando autoridade para sua marca e relevância no mercado, além de ter pouquíssimo custo.
  • De acordo com meu colega Philip Kotler, cerca de 95% dos clientes insatisfeitos simplesmente deixam de comprar na empresa sem externar qualquer reclamação. E, no final das contas, atrair clientes que compram e não voltam pode trazer mais prejuízo do que lucro a médio e longo prazo.
  • Para conquistar um novo cliente, será necessário investir em marketing — direta ou indiretamente — e isso custa dinheiro. Se o seu programa de fidelização não for implementado de forma eficaz, sua empresa não conseguirá reter o consumidor que, mesmo tendo uma experiência positiva, poderá optar pelo concorrente na próxima vez.

Desvantagens de atrair novos clientes

Mais investimentos serão necessários

Será necessário investir em marketing, treinamento e anúncios para atrair novos clientes. E, dentro dos novos clientes atingidos, não há nenhuma garantia de que algum deles retornará à sua loja sem a implementação de estratégias (e mais investimentos).

Há a possibilidade de atrair os clientes errados

Se você não fizer uma campanha bem segmentada, correrá o risco de atrair clientes que não agregarão valor ao seu negócio. E, além disso, apenas uma pequena parte do público atingido converterá efetivamente mais vendas.

Será necessário um atendimento mais eficaz

Quanto maior for a quantidade de clientes, maior (e melhor!) deverá ser o atendimento oferecido por sua empresa. É necessário investir em treinamento e, em alguns casos, na criação de um departamento para ficar responsável pelos novos clientes.

Caso você não tenha realizado um plano de negócios realmente estruturado, sua empresa poderá não ser capaz de responder todos os pedidos feitos.

Bom, não me entenda mal. Eu não quero dizer que novos clientes serão ruins para seu negócio. Porém, se você não possuir um programa de fidelização realmente eficaz dentro de sua empresa, as chances da concorrência pegar o seu espaço serão muito maiores. As pessoas buscam qualidade, satisfação e as melhores condições de acordo com suas preferências.

Benefícios da retenção de clientes

A garantia da satisfação de seus clientes é uma forma de validação de sua empresa perante o mercado, a concorrência e os futuros consumidores.

Somada a um clube de fidelidade, a satisfação do cliente pode se transformar em uma poderosa arma de divulgação, atraindo novos clientes para o seu negócio a partir da indicação pessoal e do marketing boca a boca.

Confira os benefícios que o cliente fiel e satisfeito trará a sua empresa:

Mais valor ao seu negócio

Quando eu digo “agregar valor”, quero dizer que uma indicação pessoal tem muito mais peso do que uma busca simples, por exemplo.

E, quando um cliente fiel indica sua empresa para um novo consumidor, o cliente em potencial criará uma expectativa positiva em relação à sua empresa, já que ouviu falar bem de sua marca e sobre como suas soluções impactam na vida de seus consumidores.

Mais vendas com menos investimentos

É possível fazer com que um cliente fiel gaste mais em sua empresa, já que ele identificou o valor de seus produtos e criou um vínculo com o seu negócio.

Sendo assim, você pode (e deve!) oferecer novos produtos e soluções para esse cliente, de acordo com suas preferenciais e seu histórico de compras. Nesse ponto, um software de gestão de clientes o ajudará bastante!

3. Publicidade gratuita

Uma das melhores formas de atrair novos clientes para seu negócio é através do marketing boca a boca e esse, talvez, seja o benefício mais evidente da fidelização.

A publicidade gratuita pode vir nas redes sociais ou indicações rotineiras. Porém, de ambas as formas, o marketing trará resultados a médio e longo prazo, ajudando o seu negócio a se estabelecer tanto no mercado quando na vida das pessoas.

Efeitos da fidelização a médio e longo prazo

Os clientes fiéis são o pilar de qualquer empresa e, como já vimos, representam a maior parte das vendas realizadas. Manter uma relação estreita com esse perfil de consumidor fará com que sua empresa vá se estruturando cada vez mais.

Se você possui uma cultura de fidelização que trabalhe unindo diferencial, satisfação e benefícios, as chances da sua empresa se estabelecer no mercado são altíssimas, garantindo que, no seu segmento, a sua marca seja a primeira alternativa quando pedirem uma indicação.

Um cliente satisfeito e fidelizado é uma extensão de seu negócio em qualquer parte do mundo. Pense nisso!

E você, o que acha que mais custos? Investir em atração ou em retenção de clientes? Compartilhe sua experiência comigo, deixe um comentário!

Read More...

Empreendedorismo

Pet shops: 5 dicas simples para otimizar a gestão de sua empresa!

Otimizar a gestão do pet shop é o próximo grande desafio que os empresários desse segmento terão que enfrentar. Penso isso, pois todas as áreas que passam por um crescimento acelerado, acabam atraindo muitos empreendedores e acirrando a disputa por clientes no mercado. E isso é o que está acontecendo com o segmento de pets.

Pesquisei alguns dados junto à Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Eles mostram que de 2010 a 2015, o mercado de pet na América Latina cresceu 40%, com uma média incrível de 8% ao ano. Já no Brasil, o mercado cresceu 7,6% em 2015, e em 2016 espera-se um crescimento de 6,7%.

Ou seja, em breve, o mercado entrará num momento em que a quantidade de empresários oferecendo produtos será mais que o suficiente para atender as necessidades e demandas dos consumidores.

A questão é: como preparar o pet shop para este momento e consolidar a sua atuação, antes que a disputa por clientes se torne mais acirrada? A minha resposta: “Otimizando a gestão, sem complicá-la ou torná-la complexa demais”.

Por isso, vou compartilhar com vocês as minhas 6 dicas para tirar essa otimização da gestão do pet shop do papel. Leia e depois me conte o que acha ou quais outras dicas poderiam ser dadas, ok?

Invista em estratégias de marketing local

Marketing local é aquele que estabelece um território de atuação onde sua empresa possui mais facilidade para vender e fidelizar clientes. Depois disso, ele elabora estratégias para impactar de diversas formas o público que está dentro daquele raio de atuação.

Existem dois tipos de ações que combinam muito bem com essa estratégia:

Marketing Digital

O Google Adwords e o Facebook Ads permitem que você crie anúncios segmentados para pessoas que estão dentro da área geográfica estabelecida em seu planejamento. Isso quer dizer que você poderá entregar os anúncios apenas para quem estiver pesquisando no Google, assistindo vídeos no Youtube ou navegando pelo Facebook e que estiverem num raio de 10 quilômetros de seu pet shop, por exemplo. Isso mas aumenta as chances de divulgar e ter sucesso com promoções e outras informações sobre seu pet shop.

Anúncios impressos

Quais são as chances de uma pessoa que mora a 30 km de seu pet shop comprar de você? E daquela que mora a 1 km? Ao panfletar as casas, é importante criar focos maiores de panfletagem. Por exemplo, todas as casas que estão a até 3 km receberão um cupom de desconto para banho e tosa ou uma promoção para a compra de saco de ração com desconto, ao menos 1 vez por mês. Dessa forma, você facilitará que as pessoas experimentem os seus serviços e passem a comprar de você com mais frequência.

Estabeleça parcerias

Essa dica nasceu quando eu estava comendo pizza. Na caixa de entrega, a pizzaria colocou várias propagandas e, sinceramente, eu nunca tinha reparado nelas. Até que o dia em que precisei telefonar para o pet shop onde sempre compramos ração e minha esposa comentou que o número do telefone estava na caixa da pizza que eu tinha acabado de colocar no lixo. Claro que ela é mais observadora que eu!

A dica, no entanto, é estabelecer parcerias que sejam mais eficientes. Por exemplo, a pizzaria tem a facilidade de “entrar na casa das pessoas” com seus produtos, logo, enviar um ímã de geladeira com os dados de seu pet shop seria uma forma mais interessante que colocar um anúncio na caixa de pizza. Por outro lado, a estratégia do cupom de desconto, poderia ser usada nos salões de cabeleireiro ou nas padarias de seu campo de atuação, para reforçar as estratégias de marketing local.

Ao estabelecer uma parceria o pet shop deve pensar na maneira como ela será vantajosa tanto para ele, quanto para os comércios que aceitaram a parceria.

Conte com o apoio de especialistas

Existem alguns institutos como a Endevor ou o SEBRAE que oferecem apoio gratuito para pequenos empresários. Eles podem ajudar a criar um plano de inovação, melhorar suas estratégias de marketing, aperfeiçoar a gestão de fluxo de caixa e controle de estoque, entre outras áreas.

Além deles, é possível contratar empresas que se especializaram em executar campanhas marketing, fazer a contabilidade de seu pet shop e apoiar a gestão financeira dele, além de outros serviços terceirizados.

A dica é: utilize esses serviços de apoio ao empresário, como os do SEBRAE, para validar e aprimorar seus planos estratégicos. Depois, sempre que possível, contrate serviços terceirizados para executar tarefas que poderiam tomar grande parte de seu tempo.

A dica extra é: sempre pensar que a estratégia é sua e que ambos os tipos de serviços devem servir de apoio para melhorá-la, mas não de desculpa quando algo der errado.

Centralize os dados da empresa

Adotar um sistema que facilite o cadastro de clientes e seus animais de estimação, o agendamento de serviços, como o banho e tosa, e a administração de contas a pagar e a receber é a minha 4ª dica.

No pet shop, onde compro ração é notória a falta que este sistema faz. Sempre que o proprietário está, ele me chama pelo nome, pergunta pela saúde de meus cachorros, oferece desconto e, algumas vezes, dá até brinde. Já quando estão apenas os funcionários, minha relação se baseia em um processo básico de vendas: entrar, comprar e pagar. Isso porque eles nunca conseguiram guardar os meus dados em sua memória, afinal, vou apenas uma vez por mês no pet shop.

Com um bom sistema, essa dificuldade estaria superada, bastaria eles consultarem dados básicos, como meu nome ou o nome de meu pet e já teriam todas as informações disponíveis, podendo criar um atendimento diferenciado do que eu receberia se fosse em um outro pet shop.

Pense na sua mobilidade

A última dica é adotar um sistema de gestão que além de centralizar as informações, permita consultar os dados de sua empresa a partir de qualquer dispositivo com internet.

Isso porque quando se tem um pequeno pet shop, é fácil lembrar os preços cobrados pelos fornecedores no mês anterior ou a quantidade de produtos em estoque. Contudo, ao crescer a quantidade de seus clientes, você precisará usar mais sua cabeça para definir estratégias que para armazenar dados.

Logo, poder consultar os dados de estoque, fluxo de caixa e até de clientes, a qualquer hora e lugar, pode te dar uma vantagem e evitar que você faça compras erradas ou que se equivoque na hora de falar com o dono de algum pet.

A nova competição entre pet shops será travada pela atenção e fidelização de clientes, bem como pela administração interna mais eficiente. Ao usar as dicas que dei, certamente você estará mais preparado!

Se ficar na dúvida sobre se aplicar uma das dicas, contratar um novo sistema ou investir numa estratégia de marketing será vantajoso para seu pet shop, recomendo que use a técnica do Pay Back, para acabar com ela. Já falei sobre ela aqui no blog, basta conferir e usar! Até a próxima!

Read More...

Empreendedorismo

Como garantir um bom atendimento aos clientes na minha empresa?

Volta e meia eu comento sobre a importância do bom atendimento aqui no blog. Por que tamanha fixação sobre o tema? Bom, se você costuma acompanhar meus posts, já deve conhecer uma pesquisa realizada pela Revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, que procurou entender qual era o diferencial que realmente conseguia garantir a satisfação dos clientes. Para eles, o atendimento era mais importante do que o preço e, vejam só, até mesmo do que a qualidade do produto.

É claro, se você busca satisfazer a sua clientela, deve começar por esse que será o seu grande diferencial. Com as mídias sociais, fóruns, blogs e até portais especializados em reclamações e queixas, o consumidor mostrou que tomou as rédeas da situação e espera ser tratado sempre como um rei pelas empresas. Se você quer saber o que fazer para ser essa referência, então veio ao lugar certo. Confira, a seguir, algumas dicas para um bom atendimento!

Realize o pós-venda

Será que o produto do seu cliente chegou no prazo? O que ele achou? Apenas a demonstração deste tipo de atenção e zelo já é o suficiente para melhorar a experiência de compra e, consequentemente, a satisfação.

O momento do pós-venda ainda faz parte do atendimento ao cliente, pois a venda não termina com a simples entrega do produto. Estabeleça um canal de contato para obter esse retorno do seu cliente, seja por meio do telemarketing – se for viável, é claro – ou do e-mail marketing – opção muito mais barata e possível para o micro e pequeno empreendedor.

Ofereça um suporte

Os canais de suporte são o oposto do pós-venda, pois funcionam de maneira mais passiva, ou seja, é o cliente que precisa entrar em contato para conseguir informações ou resolver qualquer tipo de problema. É claro que, para a sua loja, é fundamental estabelecer esse tipo de possibilidade para o consumidor, afinal, quem não faz isso acaba parando no famoso Reclame Aqui.

É importante deixar claro, por outro lado, que não basta oferecer o canal de suporte – que também pode ser um simples e-mail de contato ou um número de telefone. Os colaboradores devem ser treinados para efetivamente resolver o problema do cliente, o que nos leva ao nosso próximo ponto.

Invista nos treinamentos

O atendente, ao receber uma ligação, sabe exatamente como conduzir o processo? E o vendedor, aprendeu técnicas de vendas não invasivas? Pode ter certeza que o treinamento é um ingrediente especial na melhoria do atendimento da sua empresa.

De preferência, contrate uma empresa especializada para realizar as dinâmicas de grupo, que podem ser uteis na contratação ou durante a implementação de alguma nova tecnologia ou processo interno. Assim, você pode garantir colaboradores muito mais preparados na sua empresa!

Aposte na tecnologia

Agora o ponto-chave do texto: a automação. Hoje em dia, existem softwares de gestão destinados especificamente para a melhoria do atendimento ao cliente. Com eles, você pode monitorar o cliente em todo o processo de vendas, estabelecendo um verdadeiro histórico do relacionamento que pode ser usado tanto pelo vendedor, quanto pelo atendente.

Dessa forma, você garante um bom atendimento, mais personalizado e focando nas necessidades reais de cada um dos seus clientes!

Para você, qual outro aspecto é fundamental no atendimento? Deixe a sua opinião nos comentários!

Read More...

Desenvolvimento Humano

6 passos para implantar um atendimento impecável em sua empresa

Aumentar as vendas, ter clientes fieis e ser referência em sua área de atuação são os objetivos que permeiam os planos de todas as empresas nos dias de hoje, independentemente do segmento ou porte. Mas, para alcançar esses objetivos, é preciso muito trabalho e estratégias bem definidas.

Um dos principais fatores que contribuem para que as empresas alcancem o tão esperado sucesso é o atendimento oferecido aos seus clientes. Causar uma boa impressão no consumidor logo no primeiro contato dele com a companhia é essencial para que ele volte a fazer negócios com você.

No entanto, se você é micro ou pequeno empreendedor, sabe que essa tarefa não é nada fácil, pois envolve vários fatores, inclusive investimento. Mas fique tranquilo, pois é possível implantar um atendimento impecável em sua empresa sem que seja necessário interferir tanto no seu orçamento.

Ficou interessado? Então, confira a seguir os 6 passos que eu separei para você oferecer um atendimento excelente aos seus clientes!

1. Conheça as necessidades do seu negócio

Como abordei acima, às vezes é necessário que o empreendedor faça alguns investimentos em sua operação para oferecer aos consumidores um atendimento impecável.

Contratar colaboradores para ajudar no atendimento presencial, via telefone ou online é importante para que essa incumbência não fique apenas com o empresário.

Além disso, é necessário ter linhas de telefone disponíveis somente para o atendimento ao cliente e também um bom serviço de internet, que permita realizar uma interação rápida com o consumidor.

Os softwares de gestão de clientes também são importantes e ajudam a organizar em um único lugar  todas as informações referentes ao consumidor.

2. Valorize o seu primeiro cliente: o colaborador

Um dos passos mais importantes para implantar um atendimento impecável em sua empresa é contar com colaboradores bem treinados, motivados e felizes, que receberão os clientes com educação e livre de impressões antecipadas e distorcidas.

Para isso, é preciso valorizar o trabalho dos atendentes como se eles fossem o primeiro cliente da empresa, além de oferecer ao time capacitações para que o atendimento prestado seja cada dia melhor.

3. Aproxime-se do seu cliente

Muitas vezes, o contato com o cliente é rápido e isso acaba impedindo que a empresa conheça um pouco mais o perfil e as necessidades dos seus consumidores.

Por isso, é interessante que as pessoas responsáveis pelo atendimento — via telefone, online ou presencial — utilizem estratégias para conhecer o consumidor mesmo em um curto espaço de tempo.

Perguntar, por exemplo, o  nome do cliente, o que ele espera com a compra do produto ou serviço que está interessado e acompanhar como ele se comporta durante o atendimento são informações e percepções importantes para que as próximas abordagens sejam cada vez mais personalizadas e correspondam às expectativas do cliente.

4. Seja rápido e assertivo

A rotina corrida fez com que os consumidores atuais prezem por empresas que ofereçam agilidade no atendimento. Então, ser rápido é essencial nos dias de hoje. No entanto, a agilidade tem que vir acompanhada da assertividade.

No início da implantação do atendimento, conquistar a agilidade pode ser mais difícil, mas, com tempo, prática e tendo esse fator como um objetivo diário, é possível oferecer um atendimento rápido e eficiente aos seus clientes.

5. Baseie o atendimento na transparência

Demonstrar sinceridade durante o atendimento também é muito importante para que seja selada uma relação de confiança entre a sua empresa e o consumidor.

A melhor opção é sempre assumir um problema do que passar ao cliente a impressão de que a companhia esconde informações ou omite falhas.

6. Avalie o atendimento prestado

Por fim, quando o atendimento já estiver implantado em sua empresa, é importante sempre avaliar o serviço prestado e buscar feedbacks dos próprios clientes. Assim, é possível identificar os pontos a melhorar e potencializar os fatores que estão gerando bons resultados para a companhia.
Gostou das minhas dicas para você implantar um atendimento impecável em sua empresa? Então, não deixe de conferir o post no qual eu explico como oferecer um atendimento de sucesso!

Read More...

Empreendedorismo

Os segredos do bom relacionamento com o cliente

O relacionamento com o cliente é um aspecto fundamental para qualquer negócio e deve ser prioridade desde o surgimento do empreendimento — afinal de contas, sem conquistar o público, sua a empresa será incapaz de se consolidar no mercado! O bom relacionamento será a base para a fidelização de clientes, trazendo mais segurança ao negócio e melhorando as oportunidades de vendas.

O cliente deve ser o foco de qualquer negócio, pois é a partir da definição do público-alvo que serão estipulados os objetivos do empreendimento, por exemplo. As estratégias e os investimentos devem ser desenvolvidos visando melhorar a experiência do consumidor com a marca, e essas preocupações refletem o quanto o bom relacionamento é importante para um empreendimento.

No post de hoje, eu vou te dar algumas dicas valiosas para melhorar esse aspecto fundamental para o sucesso da sua empresa. Acompanhe!

Conheça o público e planeje-se

Inicialmente, para conquistar o consumidor e criar um relacionamento, é preciso conhecer quem é o público-alvo do negócio, quais são as características predominantes, quais são as preferências de consumo, faixa de renda, escolaridade, faixa etária etc. Essas informações iniciais vão possibilitar o desenvolvimento do planejamento.

Na etapa de planejamento, serão definidas quais as estratégias serão adotadas para criar relacionamento com o cliente — e isso inclui as soluções de comunicação, atendimento e mesmo opções de pagamento. As estratégias de relacionamento podem ser aprimoradas e moldadas posteriormente, mas é importante que estejam presentes desde o início para direcionar as ações.

Invista em comunicação personalizada

A comunicação é outro aspecto que fortalece o bom relacionamento com o cliente, mas não é suficiente apenas ter esses canais, é necessário que eles sejam personalizados às necessidades do cliente.

Um bom exemplo são as mídias sociais, que permitem um atendimento mais dinâmico e eficiente. Também é possível otimizar a comunicação com estratégias mais tradicionais, como folhetos ou revistas de promoções, lançamentos, benefícios e outros.

Ao desenvolver uma estratégia de comunicação e marketing, é importante ter um profissional qualificado para responder pela área. Por ser uma setor que tem como objetivo atrair mais cliente e fidelizar os antigos, deve ser visto como um investimento e não um gasto para a empresa.

Preze por um atendimento de qualidade

Mesmo que uma empresa tenha os melhores preços do mercado, se ela mantiver um atendimento ruim, certamente perderá clientes e dificilmente conseguirá fidelizá-los. O atendimento deve ser cuidadosamente planejado desde o início do negócio, com atendentes bem informados e capazes de atender demandas e esclarecer dúvidas do consumidor com o mínimo de burocracia possível.

O atendimento não envolve apenas o período que o cliente está na loja ou quando ele ainda está decidindo por uma compra (pré-venda), mas também o pós-venda, momento decisivo para fidelização.

Faça pesquisas com os clientes

Mesmo tendo um público-alvo definido, as pesquisas de satisfação ajudam a melhorar essa definição e identificar estratégias mais eficazes na construção de um bom relacionamento. Dessa forma, a empresa pode investir em pesquisas de qualidade sobre o atendimento e os produtos, questionários para identificar demandas etc.

Ofereça uma assistência eficiente

Em alguns segmentos, a assistência ao cliente é tão importante quanto o atendimento para venda. Com uma tendência de padronização dessas assistências, muitas vezes o cliente sente que a empresa não está preparada para atender a demandas específicas. Evite este tipo de serviço e invista em uma equipe que personalize as solicitações, com conhecimento dos processos internos e atendimento prestativo.

Ao reunir todas essas soluções no dia a dia do negócio, as chances de criar e consolidar um bom relacionamento com o cliente aumentam expressivamente. As estratégias mais complexas podem ser introduzidas aos poucos, de acordo com o crescimento da empresa.

Gostou das minhas dicas de hoje? Para receber mais conteúdos informativos sobre como construir um bom relacionamento com o cliente e informações sobre soluções para expandir e solidificar seu empreendimento, assine nossa newsletter!

Read More...

Empreendedorismo

Seu atendimento ao cliente faz sua empresa ser mais competitiva?

Os consumidores de hoje estão cada vez mais exigentes, resultando numa dificuldade maior de conquista. Por isso, as empresas precisam fazer um esforço maior de marketing para conquistar mercado.

Mesmo que sua empresa já seja líder de mercado, precisa se destacar constantemente frente à concorrência e levar novidades à seus consumidores. Os processos relacionados ao atendimento ao cliente e a forma como sua empresa fala com eles podem ser usados estrategicamente para torná-lo mais competitivo.

Confira algumas dicas a seguir:

Reduza custos com atendimento

Disponibilize um FAQ em seu site (para quem já é cliente e para prospects). Todas as dúvidas mais simples e frequentes podem estar disponíveis por meio de perguntas e respostas. Permita que sejam de fácil acesso e bastante intuitivas. Com isso, a central de atendimento já terá redução do número de contatos diários, podendo focar no que for de maior complexidade e, até mesmo, permitindo que você reduza o número de atendentes.

Além disso, existem plataformas online especializadas em atendimento ao cliente que disponibilizam diferentes formas de gerenciamento, como a Help Desk. Seus custos não são altos e podem ser integradas à outras ferramentas da empresa.

Tenha atendimento telefônico profissional e completo

Número empresarial 0800 ou 3003, por exemplo, passam mais credibilidade e confiança às pessoas. Quando vão decidir sobre uma compra, os consumidores costumam pesquisar quais são as formas de contato disponíveis para ele falar com a empresa, caso tenha alguma solicitação ou reclamação pós-compra.

O Atende Simples é uma plataforma de solução de atendimento telefônico que, além de disponibilizar números profissionais na mesma hora a baixo custo, com gerenciamento e monitoramento completo, pode ser integrada com plataformas Help Desk, CRM, Google Analytics, e outras.

Qualifique leads

Seja mais minucioso na captação de leads. O ideal é que sua empresa se esforce para falar com leads qualificados que estejam dentro do perfil de prospects, e não com contatos em geral.

Buscar novos clientes em quantidade é comum, mas antes é preciso avaliar a qualidade. Poucos leads bem segmentados convertem mais do que muitos leads captados sem critérios mais rigorosos e detalhados. Gaste seu esforço de marketing e vendas com quem você classificaria como um bom cliente.

Quanto mais certeiro você for, maiores serão suas chances de fidelizar e aumentar vendas. Isso também ajuda sua empresa a perder menos tempo com atendimento e solicitações de clientes que não deveriam ser clientes.

Disponibilize informações aos atendentes

Um grande diferencial é capacitar seus agentes de atendimento sobre conhecimento do produto ou do serviço. Quanto mais informações eles tiverem, melhor será a qualidade do atendimento, pois será mais difícil a necessidade de passar o caso para outros departamentos.

Integre e Gerencie Informações

Dados precisam ser unificados para que possam ser gerenciados da melhor forma. Quando você consegue visualizar todo o processo de atendimento, é mais fácil visualizar gargalos, excessos e pontos fortes. Ou seja, tomadas de decisão podem ser mais rápidas e mais qualificadas.

Faça Pesquisas de Satisfação

Durante um atendimento, é possível, muitas vezes, perceber o nível da satisfação do cliente. Contudo, o ideal é que você pergunte à ele diretamente o quão satisfeito ele está com seus produtos e serviços prestados.

Pesquisas podem ser feitas no pós-atendimento, solicitando que o cliente dê uma nota ao serviço/produto. Elas são mais um KPI indicador da qualidade percebida pelo cliente com relação à empresa.

Se Relacione

Não deixe para falar com seu cliente apenas quando ele tiver dúvidas, problemas ou para vender. Fale mais do que isso. Avise quando sua empresa tiver novidades, mande notícias relevantes através de newsletter, ofereça produtos diferentes, descontos, pergunte se ele tem dúvidas e dê dicas. Toda essa estratégia de comunicação mostra que você se importa com seus consumidores e isso aumenta a fidelização e as chances de novas compras.

Mãos à obra

Seguindo este caminho proposto, o seu serviço de atendimento ao cliente será menos custoso, melhor gerenciado, melhor planejado e, assim, mais eficiente. Isso irá dar um destaque melhor à empresa no mercado, independente do segmento.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Compartilhe comigo aqui nos comentários!

Read More...