Tecnologia

É fácil profissionalizar o seu e-mail com um domínio corporativo

domínio corporativo: Ter um @suaempresa dá muito mais seriedade à sua marca. E o processo é mais simples e barato do que você imagina. Saiba como fazer!
Ter um @suaempresa dá muito mais seriedade à sua marca. E o processo é mais simples e barato do que você imagina. Saiba como fazer!

Ter um @suaempresa dá muito mais seriedade à sua marca. E criar um domínio corporativo é mais simples e barato do que você imagina

Uma das coisas que minha mãe mais achou mais bacana quando abri a minha empresa foi saber que eu tinha o e-mail atendimento@vouclicar.com. Ao descobrir que a ideia de nome da empresa que tinha em minha cabeça já tinha virado um site e um correio eletrônico ela tinha certeza que o filhinho dela era tipo um Eike Batista (lembrando que isso foi antes da quebradeira das empresas dele, viu?).

O que minha mãe não sabe é que criar um e-mail corporativo é a coisa mais fácil do mundo. O primeiro passo é registrar um domínio para seu site. Fazer isso é bem simples: você pode contratar diretamente em uma empresa que fornece a construção e hospedagem  ou, ainda, apenas utilizar o RegistroBr. Registrar um domínio no Brasil custa R$ 30 ao ano, baratinho, baratinho. Tem dúvidas sobre o domínio do seu site? Leia este outro post: “Clico Responde: qual o melhor nome para o site da minha empresa?”

Depois disso, você precisa encontrar a empresa que fornece soluções de e-mail que mais atenda às suas expectativas. Existe um monte de fornecedores que fazem isso e, diferentemente do passado, quando a empresa precisava ter um servidor dentro de casa para suportar este tipo de serviço, hoje já é possível fazer a contratação no modelo de cloud computing. Você paga um valor (baixo, poucos reais por mês, mas varia conforme o fornecedor) e tem acesso a tudo o que uma grande empresa possui dentro deste quesito. É para este fornecedor que você deverá passar as informações sobre registro do domínio.

Na hora de escolher quantas contas você pretende criar, avalie de forma criteriosa se você dará um e-mail para cada funcionário ou se terá um genérico, como, por exemplo, financeiro@vouclicar.com. Isso depende muito do tipo de interação que seu funcionário tem com o público externo e do nível de rotatividade dos colaboradores em sua empresa.

Tenha informações básicas na assinatura do e-mail – nome, cargo, contato telefônico, site e endereço. E antes de apertar o “Enviar”, lembre-se de ler esta outra dica aqui: Assunto: Como redigir um e-mail corporativo.

 

Tem uma pergunta? o #ClicoResponde

You Might Also Like