#ClicoResponde

Gestão de pequenas empresas: 5 erros comuns e como evitá-los

Gestão de pequenas empresas: 5 erros comuns e como evitá-los

Eu sempre fico muito feliz com histórias de empreendedores de sucesso. Ao mesmo tempo, fico triste quando vejo um pequeno empreendedor cometendo erros que podem levar ao fracasso, quando são perfeitamente evitáveis.

Então, meu amigo empresário, para que a sua seja mais uma história de sucesso, resolvi escrever esse post para falar sobre erros comuns na gestão de pequenas empresas que você pode e deve evitar. Vem comigo, precisamos conversar sobre erros.

1 – Negligenciar a gestão financeira

Muitos pequenos empresários são bons nos processos de produção, mas não entendem conceitos básicos importantes para a saúde financeira da empresa, como fluxo de caixa e capital de giro, por exemplo. Assumir gastos sem saber exatamente quais serão as futuras consequências para o orçamento da empresa pode ser fatal para sua saúde financeira. Então, por mais que essa não seja sua tarefa favorita, você precisa aprender a ‘mexer’ com esses assuntos que envolvem números.

Outro erro comum, também ligado à falta de gestão financeira,  é misturar o seu dinheiro com o da empresa. Mantenha contas separadas: os recursos de sua conta como PF (pessoa física) não devem ser misturados com os recursos da PJ (pessoa jurídica) e vice-versa.

2 – Esquecer da assistência ao cliente

Sim, eu sei que tem época que você está enterrado no trabalho até o pescoço, mas nada justifica a negligência no trato com o cliente. Afinal, ele é determinante para o seu sucesso ou fracasso. Seu cliente quer contar com sua assistência e atenção, principalmente nos casos de uma eventual reclamação. Então, além da qualidade do produto oferecido, capriche no atendimento e assistência ao cliente: se você falhar nesse quesito, seu concorrente vai ficar feliz pela chance de ocupar seu espaço.

3 – Não delegar tarefas

Sabe por que você anda enterrado no trabalho e não tem tempo nem de respirar? Provavelmente, porque não delega tarefas. Tenho um amigo que acordava às cinco da manhã para abrir a padaria, receber o caminhão de leite, controlar o trabalho do padeiro, preparar tudo para abrir as portas às seis da manhã e só encerrava o expediente às 10 da noite. Nem preciso dizer que ele perdia todos os aniversários dos filhos e encontros de família e acabou no hospital com um princípio de enfarte.

Evite esse erro comum na gestão de pequenas empresas que pode ter sérias consequências para você e para os seus negócios. Não tente abraçar o mundo sozinho: invista na qualificação de sua equipe edelegue tarefas!

4 – Não mensurar produtividade

Para não cometer esse erro, comece sabendo o que é produtividade. De modo simples, é a relação entre os resultados alcançados e os recursos investidos nesses resultados durante um certo período de tempo. Ou seja, a produtividade é a relação entre lucro obtido e os recursos que você teve de investir para chegar a esse resultado. Então, mais lucro com menos recursos significa produtividade mais alta, não é?

Ao medir a produtividade de sua pequena empresa, você vai identificar modos de aprimorar processos e otimizar custos. E não se preocupe se o processo parece complicado: há aplicativos e programas de computador com sistemas de gestão para facilitar sua vida.

5 – Não investir em tecnologia

Meu amigo pequeno empresário, vá por mim: não seja um dinossauro em meio a tantos recursos tecnológicos disponíveis atualmente. Há tecnologia para tudo hoje em dia, desde as máquinas cada vez mais sofisticadas que otimizam processos de produção e aumentam a produtividade até os softwares para a gestão de sua pequena empresa. Não importa se você atua em serviços, comércio, saúde, educação ou outro ramo, no Vouclicar.com você encontrará um software sob medida para sua empresa.

You Might Also Like