Finanças e Tributos

Dúvidas frequentes quando o assunto é gestão financeira

duvidas-frequentes-gestao-financeira

Garantir a boa gestão financeira de uma empresa é peça fundamental para que o negócio consiga bons resultados e continue competitivo no mercado. Contudo, nem sempre é uma tarefa fácil e acaba enchendo muitos empreendedores de dúvidas.

A seguir, vou listar algumas delas, bem frequentes, e explicar melhor sobre o assunto. Continue acompanhando e saiba mais!

1. Como o fluxo de caixa deve ser realizado?

O fluxo de caixa é um dos principais controles de uma gestão financeira. Por meio dele é possível saber os resultados financeiros em determinado período e criar novas estratégias e planos de ação.

Para realizar o fluxo de caixa de maneira assertiva, é necessário fazer o registro de todas as movimentações que são feitas — em termos financeiros —, mesmo os gastos pequenos, que acabam sendo considerados insignificantes. Outro ponto importante é realizar o fechamento diariamente — dessa forma, nenhum registro deixa de ser realizado, prejudicando as análises.

2. Como fazer uma gestão de custos mais assertiva?

É preciso contar com uma equipe — ou um colaborador, dependendo do tamanho da empresa — preparada e qualificada para fazer todas as análises que envolvem essa área da gestão financeira, detalhando todos os custos e criando indicadores que auxiliarão na melhor compreensão e no processo de tomada de decisão.

Além disso, assim como no fluxo de caixa, deve-se realizar o registro de todos os gastos e fazer o detalhamento de cada um deles, dividindo em custos fixos e variáveis, despesas fixas e variáveis, investimento etc. Vale ressaltar que a gestão dos custos influencia diretamente na precificação e na lucratividade.

3. De que forma a precificação afeta a gestão financeira?

A precificação de produtos e serviços, apesar de ser uma atividade complexa e demorada, é uma das mais importantes para a gestão financeira. Uma estratégia de formação de preços assertiva garante que os custos serão cobertos e ainda proporciona boa margem de lucro ao empreendedor.

Contudo, quando realizada de forma inadequada, além de prejudicar a lucratividade faz com que o risco de a empresa não conseguir honrar com seus compromissos seja grande. Em longo prazo, esses prejuízos afetam seriamente a saúde financeira do negócio, podendo causar a falência.

4. Tenho um bom resultado em vendas, mas o dinheiro não sobra. O que está acontecendo?

O faturamento é o valor da receita obtida pelas vendas. Quando esse número é alto, quer dizer que muitas vendas foram realizadas durante o mês. Ao tirar os custos e despesas desse valor, obtém-se a lucratividade, ou seja, qual foi o lucro obtido com as vendas no final do mês. Se, mesmo com o faturamento alto, percebe-se que o dinheiro não sobra, é um sinal de que os custos estão elevados demais.

Se, para obter a lucratividade desejável, o faturamento precisa ser muito alto, o negócio corre risco, porque, em épocas de queda nas vendas, a possibilidade de operar com prejuízo é bem grande. Nesse caso, o empreendedor deve encontrar meios de reduzir seus custos (principalmente os variáveis).

5. De que forma um sistema de gestão pode ajudar a melhorar a gestão financeira?

Além de automatizar as atividades, o que reduz o índice de erros, acabar com a necessidade de retrabalho e com os problemas de segurança e confiabilidade das informações, a utilização de um software de gestão permite que as informações sejam acessadas a qualquer momento pelo gestor. Isso acaba se tornando um excelente suporte no processo de análise e tomada de decisão — muitos sistemas também oferecem a opção de geração de relatórios, que fornece uma visão resumida, mas ao mesmo tempo bem relevante a respeito dos resultados.

Além disso, um software contribui para aumento da produtividade, redução de custos e eliminação de trabalhos manuais.

É normal ter dúvidas sobre como fazer a gestão financeira de forma mais adequada, principalmente quando o rumo dos negócios está em jogo. Entretanto, com um pouco de estudo e algumas pesquisas, é possível encontrar as melhores alternativas para a empresa.

O que achou do meu artigo? Aproveite para saber também quais são os impactos dos erros da gestão financeira na sua empresa!

You Might Also Like