Empreendedorismo

Como montar uma pequena empresa passo a passo?

Como montar uma pequena empresa passo a passo?

Começar a própria empresa é o sonho de grande parte dos brasileiros, você sabia? Ao contrário do que muitas pessoas falam por aí, somos um país com bastante iniciativa! Para terem uma ideia, Global Entrepreneurship Monitor (GEM), que é feita no Brasil com o auxílio do Sebrae e do Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), aponta que, hoje, nós somos o país mais empreendedor do mundo. E mesmo com tanta experiência na área, eu também fiquei impressionado com o resultado!

Apesar de sermos um país extremamente produtivo, por outro lado, a abertura de novas empresas requer muitos cuidados por aqui. Infelizmente, além da concorrência massiva e do mercado turbulento, o gestor ainda precisa lidar com a burocracia para a abertura do negócio — por sinal, somos um dos países mais burocráticos do mundo nesse sentido.

Por isso, resolvi ajudá-los e mostrar um passo a passo sobre como montar uma pequena empresa! Confira!

Escolhendo um segmento de mercado

Escolher a área de atuação da sua empresa é o primeiro passo, é claro. Mas, antes disso, é importante que você faça uma ampla pesquisa para descobrir qual é o investimento mínimo necessário para a abertura do negócio. Calcular esses custos é importante para que a sua empresa não comece no vermelho!

É claro que o ideal é quando você escolhe um mercado que já conheça bem ou no qual já tenha atuado. Caso não seja esse o caso, você ainda tem algumas possibilidades de atuar em diferentes ramos com a ajuda das franquias. Você pode abrir uma franquia e, de quebra, conseguir extrair o know how de um negócio já consolidado no mercado.

A localização é sempre importante

A localização é importante tanto no comércio quanto na área de serviços, mas por motivos diferentes — no primeiro caso, a localização pode, inclusive, definir o fracasso ou o sucesso do seu negócio.

Caso você abra um comércio, é importante fazer um mapeamento de toda a área para identificar o público, seus gostos e preferências. Afinal, é preciso haver uma compatibilidade entre o produto ofertado e os gostos e preferências da região escolhida.

No caso dos prestadores de serviço, a escolha deve obedecer outra lógica. É fundamental que você esqueça agora mesmo aquela velha imagem do escritório gigantesco. Na escolha da localização, de inicio, o importante é economizar. Se for possível trabalhar em home office, essa é a melhor alternativa. Caso trabalhar em casa não seja viável, existem alternativas como os escritórios compartilhados.

Foco na gestão financeira e tributária

Outro foco importante são as finanças e a legislação tributária. Em primeiro lugar, é importante definir qual será o modelo de tributação do seu negócio. Será lucro presumido, real ou o Simples Nacional? Embora muitos acreditem que o Simples é sempre vantajoso, pode ocorrer de empresas em determinado ramo conseguirem mais benefícios nos outros modelos — como para obter uma isenção, por exemplo. Por isso, é importante consultar um contador ou um advogado tributarista para dar bons conselhos.

Já na questão financeira, é importante que o novo empresário comece com o pé direito. Já mostrei por aqui os 5 fatos que podem te atrapalhar nesse sentido, mas, no início de uma empresa, o foco deve ser total no capital inicial sem empresa — e, por isso, muitos optam pelas sociedades.

No entanto, a escolha de um sócio para ajudar a compor o capital deve ser feita com cautela: além de participar financeiramente, é desejável que ele também tenha conhecimentos na área de atuação do negócio.

Lidando com as questões burocrática

Poucos sabem que somos um dos maiores empreendedores do mundo. Acho que o motivo é que sempre olhamos para o lado negativo das coisas. Somos, também, um dos países mais burocráticos do mundo, e isso acaba ocultando o nosso brilho.

Você vai precisar visitar a Junta Comercial, a Receita Federal e até a prefeitura para conseguir toda a documentação de abertura. Por isso, o ideal é procurar um contador e um advogado especializados no assunto! Isso te ajudará a evitar equívocos e dores de cabeça durante o processo.

E então, empreendedor, está pronto para abrir o seu negócio? Quer mais dicas de como montar uma pequena empresa? Então aproveite e baixe agora mesmo o nosso e-book “Como fazer a gestão do primeiro ano da sua empresa”!

You Might Also Like