Empreendedorismo

Brasil tem 5 incubadoras entre melhores da América Latina

Brasil tem 5 incubadoras entre melhores da América Latina

Unidades de destaque estão no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Ceará e São Paulo

O Brasil ganha destaque mundial com a iniciativa de incubadoras! Cinco entidades nacionais aparecem na lista das melhores do mundo, segundo o ranking da UBI Index – organização sueca de ação global que auxilia essas empresas de investimento a melhorarem processos e desempenho.

Unidades citadas estão no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Ceará e São Paulo. Veja a lista:

  • Categoria Regional América do Sul – Top Challenge: IEITEC (Instituto Empresarial de Incubação e Inovação Tecnológica) – Canoas/RS
  • Categoria Regional América do Sul – University Business Incubator: 

2º lugar: Instituto Gênesis (PUC-Rio) – Rio de Janeiro/RJ

4º lugar: IUPERJ (Programa Shell Iniciativa Jovem) – Rio de Janeiro/RJ

6º lugar: PADETEC (Parque de Desenvolvimento Tecnológico) – Fortaleza/CE

8º lugar: Supera (Incubadora de Empresas de Base Tecnológica – Universidade de São Paulo) – Ribeirão Preto/SP

Foram avaliadas as seguintes regiões: Ásia & Oceania, América do Sul, América do Norte, Europa e África. O estudo completo você encontra aqui.

O que é, o que é?

“Uma incubadora é uma entidade que tem por objetivo oferecer suporte a empreendedores para que eles possam desenvolver ideias inovadoras e transformá-las em empreendimentos de sucesso”, segundo a Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec). Conforme a instituição, para atender a esse objetivo, são oferecidas: infraestrutura; capacitação e suporte gerencial; orientação sobre aspectos administrativos, comerciais, financeiros e jurídicos; etc.

A organização explica ainda que existem diversos tipos de incubadoras: as de base tecnológica (abrigam empreendimentos que realizam uso de tecnologias); as tradicionais (dão suporte a empresas de setores tradicionais da economia); as mistas (aceitam tanto empreendimentos de base tecnológica, quanto de setores tradicionais) e as sociais (que têm como público-alvo cooperativas e associações populares).

De acordo com dados de um estudo realizado em 2011 pela Anprotec e pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), lançado neste ano, o Brasil tem 384 incubadoras em operação, que abrigam 2.640 empresas, gerando 16.394 postos de trabalho. Essas incubadoras também já graduaram 2.509 empreendimentos, que hoje faturam R$ 4,1 bilhões e empregam 29.205 pessoas.

 

Tem uma pergunta? o #ClicoResponde

You Might Also Like